Greve fecha escolas

A greve nacional da Função Pública a decorrer desde a meia-noite começou logo a ter impacto, sobretudo no setor da educação. No concelho de Almeirim, as escolas estão quase todas fechadas, só mesmo a escola dos Foros de Benfica e o Jardim 3 (junto ao Alfa) estão a funcionar.

No Agrupamento de Fazendas de Almeirim estão a funcionar o Pré Escolar do Centro Escolar e os Jardins de Infância de Marianos e Raposa devido à greve. O Jardim de Infância de Paço dos Negros tem funcionárias, mas os pais não levaram os filhos à escola.

A nível nacional, a adesão está próxima de 100% no setor da saúde, segundo a coordenadora da Federação dos Sindicatos da Função Pública. Já quanto às escolas, a Frente Comum antecipou desde logo que hoje centenas não iam abrir, um cenário que se está a confirmar. A greve abrange toda a administração direta do Estado (ministérios e serviços públicos) e encerrou muitos serviços.

Iniciou-se às 00:00, do dia 26 de maio, com o lema “Soluções já!” e afetou sobretudo escolas, serviços de saúde e ainda da cultura.

Esta primeira greve nacional de 24 horas e a terceira que o governo liderado por António Costa enfrenta na função pública, foi anunciada no início de abril para reivindicar aumentos salariais, pagamento de horas extraordinárias e as 35 horas de trabalho semanais para todos os funcionários do Estado, segundo a dirigente da Federação dos Sindicatos da Função Pública, Ana Avoila.

 

(em atualização)

.