A Comissão Distrital de Proteção Civil ativa plano especial cheias

A Comissão Distrital de Proteção Civil de Santarém terminou à pouco uma reunião marcada o de emergência. Em análise esteve o aumento esperado das águas do rio Tejo nas próximas horas. Daí foi determinado que fosse ativado o plano especial de cheias no nível azul, o mais baixo de quatro níveis.

“As barragens que descarregam para os rios Tejo e Zêzere estão perto do limite de armazenamento e as águas vão continuar a subir até cerca das 24h00, sendo previsível que o atual número de estradas submersas aumente devido à subida das águas”, sublinha o CDOS.

A situação agora vai depender das descargas das barragens e do que chover nos próximos dias, sendo que os afluentes da bacia do Tejo estão também a contribuir para o aumento dos volumes.

As descargas das barragens espanholas e de Castelo do Bode estão a ser geridas de modo a evitar uma onda de cheia, com picos de descarga seguidos de uma redução, sendo que a barragem de Castelo do Bode, no rio Zêzere, encontra-se atualmente com a sua capacidade de armazenamento nos 93%, o mesmo acontecendo com a barragem de Cabril. A barragem de Bouçã atingiu os 100%.

Neste momento as estradas/locais que estão afetados pela situação hidrológica relatada são: – o parque de estacionamento de Constância (rio Zêzere); – a Estrada de Meias (Coruche) – Estrada da Amieira (EM1427) (Coruche) – Estrada do Rebolo (Municipal H) (Coruche) – Estrada Municipal 1456 – Estrada Campo (Benavente) – Estrada Municipal nº 1 – Estrada dos Lázaros – Ponte da Broa (Golegã) – Estrada Municipal nº 30 – (Golegã) – Estrada Municipal Setil » Vale da Pedra (Cartaxo) – Estrada de Campo – Paúl do Boquilobo (Torres Novas) – Submersão Ponte dos Alcaides – Almajões (Santarém) – Submersão da E.M. A2 – Benfica do Ribatejo (Almeirim) De acordo com os caudais observados, pode verificar-se possível submersão durante a madrugada do dia 09 de Fevereiro da EN365 na ponte do Alviela e a jusante do Pombalinho.

.