Não há soluções, há caminhos: 14 janeiro

A alegria de quem espera um encontro, um amigo, ou a alegria de quem realiza uma obra boa, um serviço, é tão diferente da alegria da sorte na lotaria ou da vitória no jogo quando esta é mais a derrota do outro. Há várias alegrias, as eufóricas, superficiais, um pouco histéricas, as egocêntricas com o próprio sucesso e as da experiência do crescimento e da realização interior. Só estas são verdadeira alegria. Esta alegria tem-se mesmo na dor, porque sabe entender o sofrimento como o preço de um bem maior, com o qual todos ganham. Em cada alegria devo perguntar: Esta afasta-me ou aproxima-me?
Vasco P. Magalhães, sj
ONDE HÁ CRISE, HÁ ESPERANÇA
Um pensamento para cada dia: ver em tudo o que acontece uma oportunidade de crescimento.

.