Não há soluções, há caminhos: 11 novembro

As bem-aventuranças não são uma mera promessa adiada, não são para um amanhã longínquo, são para já e dão futuro. É já agora que eu experimento a alegria e a felicidade por servir, por dar, por pacificar os desavindos. Felizes, aqui e agora, os que percebem que o mais importante na vida é ser amados por Deus.
Vasco P. Magalhães, sj
ONDE HÁ CRISE, HÁ ESPERANÇA
Um pensamento para cada dia: ver em tudo o que acontece uma oportunidade de crescimento.

.