Não há soluções, há caminhos: 4 setembro

O profeta Samuel criticava frontalmente o seu rei por este fazer as coisas à sua maneira e, sem se interrogar, seguir os seus interesses e as suas manias. Dizia-lhe: “A auto-suficiência é como o pecado de feitiçaria e a obsessão como o crime de idolatria.” É assim com os patrões e os políticos instalados nas suas ideias e nos seus interesses, que são como os mágicos que anunciam que curam tudo e depois é o que se vê… Seguem as suas manias e os seus interesses doa a quem doer, impõem-nos aos outros, como se fossem pequenos deuses. Feiticeiros e idólatras! Podemos cair nisso e fazer muito mais mal do que pensamos.
Vasco P. Magalhães, sj
ONDE HÁ CRISE, HÁ ESPERANÇA
Um pensamento para cada dia: ver em tudo o que acontece uma oportunidade de crescimento.

.