Almeirim capital do ciclismo

O concelho de Almeirim acolheu, durante este fim de semana, pelo quinto ano consecutivo, a grande festa do ciclismo de formação português, o Encontro Nacional de Escolas de Ciclismo.

Mais de 650 ciclistas chegaram de todo o país, acompanhados pelos responsáveis pelas escolas, por muitos pais e pela alegria contagiante que só as crianças transportam.

Durante dois dias, sábado e domingo, Almeirim assistiu ao empenhamento jovens ciclistas, entre cinco e 14 anos, em corridas e provas de destreza, de estrada e de BTT.

Mais do que uma competição, o Encontro Nacional de Escolas de Ciclismo foi uma jornada de festa, cor, alegria, aprendizagem e convívio entre todos os participantes.

Mesmo não sendo o elemento mais relevante do Encontro Nacional de Escolas, também é importante conhecer os resultados: Clique Aqui

Nas próximas duas semanas, os ciclistas nascidos em 2004, que na próxima época deixam as escolas e passam à categoria de cadetes, vão participar na primeira edição do Encontro Nacional da Juventude, no concelho de Anadia.

As atividades vão distribuir-se entre a Academia Nacional de Ciclismo, na sede do concelho bairradino, e o Velódromo Nacional, na freguesia de Sangalhos. A iniciativa divide-se em dois períodos, de 17 a 19 e de 23 a 25 de julho.

Os jovens, que estão em idade de transição entre as escolas e a competição, terão acesso a um programa de três dias que incluirá sessões práticas e teóricas sobre as diferentes vertentes de ciclismo, preparação física, tecnologia e ciência aplicadas ao treino, mecânica, comunicação e um treino de conjunto com ciclistas de elite.

“Foram milhares as pessoas entre atletas, dirigentes, treinadores, familiares e público em geral que estiveram na Zona Norte para assistir ao Encontro Nacional de Escolas de Ciclismo. Esta é a prova de formação mais importante da Federacão Portuguesa de Ciclismo e a mais disputada de norte a sul. Esteve no nosso concelho pelo cinco ano consecutivo”, destacou Pedro Ribeiro satisfeito por Almeirim estar no centro do “mundo velocipédico”.

.