Acesso à Ribeira de Santarém cortado. Acesso à capital só pela Ponte Salgueiro Maia

A fachada de uma casa devoluta na Ribeira de Santarém voltou a cair ao início da manhã desta quarta-feira, 14 de março, e isso levou as autoridades a estabelecerem um perímetro de segurança que levou ao corte da estrada na zona.

Ao que o nosso jornal apurou, o acesso à Ribeira de Santarém e à estação de comboios está a sofrer condicionalismos grandes: em Almeirim junto à bomba Galp, o trânsito está cortado e o mesmo acontece em Alpiarça.

Publicidade

A ponte D. Luís não tem acesso do lado de Santarém devido à interdição de circulação na EN 114, entre a ponte e o planalto da cidade sendo a Ponte Salgueiro Maia a única forma de aceder à cidade de Santarém.

Este corte de trânsito deve-se ao facto de ser urgente de demolir um edifício antigo na Ribeira de Santarém, que corria perigo eminente de cair na via pública. Em 2016 já um camião tinha embatido na estrutura o que obrigou as autoridades a demolir parte do edifício. Desta vez para evitar o risco de derrocada descontrolada, as autoridades decidiram proceder à demolição total da estrutura.

É expetável que a circulação na zona volte ao normal ao final da manhã assim que os trabalhos de remoção terminarem.

.